• Yago Salton

Quer ingressar na Indústria 4.0? Esses 6 desafios estão no seu caminho.

O que procurar para evitar as armadilhas da transformação digital

Os 6 grandes desafios

A indústria 4.0 e a digitalização podem agregar um enorme valor a uma empresa.


Então, por que a adoção na indústria ainda é hesitante?


Analisei vários estudos e conversei com especialistas do setor para descobrir o que é vantajoso quando se entra na indústria 4.0.


Consolidei os desafios em 6 grupos e dou uma dica rápida sobre como procurar fornecedores e fabricantes de soluções IOT (Internet das Coisas).

  1. TO e TI

  2. Infraestrutura

  3. Segurança

  4. Competência

  5. Propriedade de dados

  6. Mudança na gestão


1. Tecnologia Operacional e Tecnologia da Informação


Os diferentes departamentos de fabricação são: tecnologia operacional (TO) e tecnologia da informação (TI). Para a transformação digital, a convergência do TO / TI descreve como os departamentos estão se integrando para o sucesso da Indústria 4.0.


Hoje, TO e TI têm responsabilidades diferentes e geralmente são estritamente separadas.


Tecnologia Operacional:

  • Sistema de Execução de Manufatura;

  • Automação e administração de CLP.

Tecnologia da informação:

  • Administração de computadores e servidores;

  • Administração de Segurança de Rede.


Com a introdução da Indústria 4.0, os ativos de fabricação devem ser conectados à rede local e à Internet. Isso exige responsabilidade conjunta dos departamentos anteriormente segregados.


O desafio é chegar a um consenso nas diferentes filosofias inerentes:

  • TO está aberto a novas tecnologias que agregam valor à produção e são fáceis de manusear;

  • O TI está aberto aos modelos de preços XaaS, mas é muito cuidadoso para evitar vazamentos de dados.

Para que as iniciativas funcionem, ambas precisam ver valor.


O que precisamos considerar?


→ Para fornecedores: certifique-se que entende os desafios de ambos os departamentos e tenha uma ideia clara de como agregar valor a eles;

→ Para fabricantes: provavelmente os dois departamentos estão separados, crie uma força-tarefa interdepartamental para colaborar na produção.

2. Infraestrutura


A conexão de ativos e sensores leva a um alto volume de dados. Mas, normalmente as conexões herdadas de baixa velocidade não são adequadas. O mais provável é que precise ser aprimorado para alcançar:

  • Estabilidade e confiabilidade;

  • Baixo custo de manutenção e administração;

  • Padrões em comunicação m2m.


O que precisamos considerar?


→ Como fornecedor: maximize a compatibilidade do seu produto com os maiores padrões e ecossistemas. Ou crie um novo padrão / ecossistema para atrair clientes. Sozinho ou, mais provavelmente, com parceiros;

→ Como fabricante: selecione um fornecedor que possa fornecer a solução e tenha competência para mantê-lo funcionando. Você também vai querer usá-los para desenvolver competência interna. Em cenários de fabricação mais complicados, você precisará de especialistas dedicados para montar o quebra-cabeça.

3. Preocupações de segurança


Os dados coletados e as informações criadas precisam estar seguras no transporte e armazenamento. Algumas informações podem conter dados críticos de produção, números de produção, dados de qualidade ou detalhes sobre funcionários.


As preocupações típicas com relação à segurança são:

  • Os dados podem ser confidenciais, o uso indevido dos dados pode causar danos permanentes aos negócios;

  • As conexões de entrada têm o risco de comprometer a produção.


O que precisamos considerar?


→ Como fornecedor: certifique-se que você conhece seu público-alvo, a sensibilidade deles com dados, bem como seus objetivos em segurança. Isso permite que você ofereça soluções diferentes para corresponder e vender mais ao cliente;

→ Como fabricante: mantenha seu software e infraestrutura atualizados. Você também se beneficiará por tornar a segurança cibernética como alta prioridade. Isso pode ser feito empregando um profissional dedicado de segurança cibernética / dados.


4. Baixa experiência


Com as novas tecnologias da Indústria 4.0, novas habilidades são subitamente necessárias nas empresas.


Hoje, pequenas e médias empresas normalmente possuem especialistas em mecânica, eletrônica e software de controle, mas não em análises e tecnologia de dados e comunicação.


Para fornecedores e fabricantes isso significa:

  • A necessidade de parceria e uso de novos fornecedores;

  • Aquisição de talentos direcionados.


O que precisamos considerar?


→ Para fornecedores e fabricantes: são necessários novos talentos em tecnologia da comunicação e ciência de dados. Como o talento é escasso, muitas empresas procuram desenvolver recursos internos.


5. Propriedade dos dados


Os dados são um bem estranho, pois são intangíveis e replicáveis, enquanto são potencialmente valiosos podendo ser confidenciais.


Devido à natureza flexível dos dados, é difícil determinar quem realmente os "possui" (e o que “possuir” realmente significa).


Portanto, antes de firmar acordos com clientes, parceiros ou fornecedores, esclareça o seguinte:


  • De quais dados estamos falando?

  • Onde os dados são criados e por qual processo ou mecanismo?

  • Quais dados devem permanecer confidenciais para uma das partes?

  • Quem tem o direito de manipular e usar os dados para gerar valor?

  • O que a respectiva parte está autorizada a fazer com os dados ou informações?

  • Como a transferência e o armazenamento são protegidos?

  • Quem cobre danos causados ​​por vazamento de dados ou uso indevido?


O que precisamos considerar?


→ Elaborar uma política de dados que considere o interesse de todas as partes envolvidas;

→ Algumas regiões como a China ou a Europa possuem regulamentos especiais. Por exemplo, o novo regulamento da EU GDPR (Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados).

6. Mudanças na gestão


A Indústria 4.0 significa mudanças para fornecedores e fabricantes. E essa "transformação digital" precisa ser suportada pela gestão.


Muitos departamentos e áreas estão envolvidos nessas mudanças. Esta é uma situação que requer tato, empatia e um líder visionário.


Caso contrário, a digitalização corre o risco de falhar, resultando em desperdício de dinheiro e perda de tempo.


O que precisamos considerar?


→ Fazer uso dos métodos tradicionais de gestão para desenvolver a organização;

→ Certifique-se de aperfeiçoar as políticas internas e envolver as principais partes interessadas.




Daniel Sontag

Fonte: https://medium.com/the-industry-4-0-blog/want-to-rock-industry-4-0-these-6-challenges-are-in-your-way-d9d841ebc51d


TEL - (11) 4858.1341 | (48) 3094.0900

© 2020 Adeptmec Softwares Ltda